quarta-feira, 11 de novembro de 2009


Don't You Forget About Me

Não Se Esqueça De Mim

Hey, hey, hey ,hey Hey, hey, hey
Ohhh... Ohhh

Won't you come see about me? Você não vai pensar sobre mim?
I'll be alone, dancing you know it baby Eu estarei sozinho, dançando - você sabe disso, baby...

Tell me your troubles and doubts Conte-me suas preocupações e dúvidas,
Giving me everything inside and out and Me entregando tudo, por dentro e por fora.
Love's strange so real in the dark O amor é estranho - tão real no escuro.
Think of the tender things that we were working on Pense nas coisas ternas com que estivemos ocupados.

Slow change may pull us apart A mudança lenta pode nos rasgar em pedaços
When the light gets into your heart, baby Quando a luz entrar dentro do seu coração, baby...

Don't You Forget About Me Não se esqueça de mim,
Don't Don't Don't Don't Não, não, não, não,
Don't You Forget About Me Não se esqueça de mim.

Will you stand above me? Você me vigiará com atenção?
Look my way, never love me Olhará meu caminho? nunca me abandonará?
Rain keeps falling, rain keeps falling A chuva continua caindo, a chuva continua caindo,
Down, down, down No chão, no chão, no chão...

Will you recognise me? Você me reconhecerá?
Call my name or walk on by Chamará meu nome ou continuará seguindo?
Rain keeps falling, rain keeps falling A chuva continua caindo, a chuva continua caindo,
Down, down, down, down No chão, no chão, no chão...

Hey, hey, hey, hey Hey, hey, hey
Ohhhh..... Ohhh

Don't you try to pretend Não tente fingir,
It's my feeling we'll win in the end é a minha sensação [que] nós venceremos no final.
I won't harm you or touch your defenses Eu não te prejudicarei ou tocarei suas defesas:
Vanity and security Vaidade e insegurança.

Don't you forget about me Não se esqueça de mim,
I'll be alone, dancing you know it baby Eu estarei sozinho, dançando - você sabe disso, baby...
Going to take you apart Vou desmontar você em pedaços,
I'll put us back together at heart, baby Eu nos construirei de volta juntos, no coração, baby.

Don't You Forget About Me Não se esqueça de mim,
Don't Don't Don't Don't Não, não, não, não,
Don't You Forget About Me Não se esqueça de mim.

As you walk on by Enquanto você seguir
Will you call my name? Você chamará meu nome?
As you walk on by Enquanto você seguir...
Will you call my name? Você chamará meu nome
When you walk away Quando você for embora?

Or will you walk away? Ou você irá embora?
Will you walk on by? Você continuará seguindo?
Come on - call my name Vamos lá - chame meu nome.
Will you all my name? Você chamará meu nome?

I say : Eu digo:
La la la... la la la...
O guia pratico da sua, minha e da vida de todos.
- GUIA PRÁTICO DA CIÊNCIA MODERNA:

1. Se mexer, pertence à Biologia.
2. Se feder, pertence à Química.
3. Se não funciona, pertence à Física.
4. Se ninguém entende, é Matemática.
5. Se não faz sentido, é Economia ou Psicologia.
6. Se mexer, feder, não funcionar, ninguém entender e não fizer sentido, é INFORMÁTICA.

2- LEI DA PROCURA INDIRETA:

1. O modo mais rápido de se encontrar uma coisa é procurar outra.
2. Você sempre encontra aquilo que não está procurando.

3- LEI DA TELEFONIA:

1. Quando te ligam: se você tem caneta, não tem papel. Se tiver papel, não tem caneta. Se tiver ambos, ninguém liga.
2. Quando você liga para números errados de telefone, eles nunca estão ocupados.
Parágrafo único: Todo corpo mergulhado numa banheira ou debaixo do chuveiro faz tocar o telefone.

4- LEI DAS UNIDADES DE MEDIDA:

Se estiver escrito 'Tamanho Único', é porque não serve em ninguém, muito menos em você...

5- LEI DA GRAVIDADE:

Se você consegue manter a cabeça enquanto à sua volta todos estão perdendo, provavelmente você não está entendendo a gravidade da situação.

6- LEI DOS CURSOS, PROVAS E AFINS:

80% da prova final será baseada na única aula a que você não compareceu, baseada no único livro que você não leu.

7- LEI DA QUEDA LIVRE:

1. Qualquer esforço para se agarrar um objeto em queda, provoca mais destruição do que se o deixássemos cair naturalmente.
2. A probabilidade de o pão cair com o lado da manteiga virado para baixo é proporcional ao valor do carpete.

8- LEI DAS FILAS E DOS ENGARRAFAMENTOS:

A fila do lado sempre anda mais rápido.
Parágrafo único: Não adianta mudar de fila. A outra é sempre mais rápida.

9- LEI DA RELATIVIDADE DOCUMENTADA:

Nada é tão fácil quanto parece, nem tão difícil quanto a explicação do manual.

10- LEI DO ESPARADRAPO:

Existem dois tipos de esparadrapo: o que não gruda e o que não sai.

11- LEI DA VIDA:

1. Uma pessoa saudável é aquela que não foi suficientemente examinada.
2. Tudo que é bom na vida é ilegal, imoral, engorda ou engravida.

12- LEI DA ATRAÇÃO DE PARTÍCULAS:

Toda partícula que voa sempre encontra um olho aberto.

13- COISAS QUE NATURALMENTE SE ATRAEM

Mãos e seios
Olhos e bunda
Nariz e dedo
Pobre e funk
Mulher e vitrines
Homem e cerveja
Queijo e goiabada
Chifre e dupla sertaneja
Carro de bêbado e poste
Tampa de caneta e orelha
Moeda e carteira de pobre
Tornozelo e pedal de bicicleta
Jato de mijo e tampa de vaso
Leite fervendo e fogão limpinho
Político e dinheiro público
Dedinho do pé e ponta de móveis
Camisa branca e molho de tomate
Tampa de creme dental e ralo de pia
Café preto e toalha branca na mesa
Dezembro na Globo e Roberto Carlos
Show do KLB e controle remoto (Para mudar de canal)
Chuva e carro trancado com a chave dentro
Dor de barriga e final de rolo de papel higiênico
Bebedeira e mulher feia
Mau humor e segunda-feira!

domingo, 2 de agosto de 2009

Horóscopo do motorista: como você é ao volante?

Como guia cada signo? Veja defeitos, virtudes e carro ideal.

Os astros, dizem os estudiosos, podem influenciar todas as áreas da vida do ser humano: amor, saúde, profissão, destino e, por que não, o comportamento no trânsito. Afinal, que melhor local para aflorarem as virtudes e defeitos de cada um?

Para falar sobre as principais características do zodíaco voltado à direção, convidamos o jornalista especializado em astrologia Max Klim, autor de 18 títulos sobre o tema.

Klim, com a experiência de 35 anos no ramo, aproveita para dar conselhos práticos aos motoristas e sugerir o tipo de veículo mais apropriado para cada signo. Confira!


Áries – 21/03 a 20/04

“Eu primeiro!”

Se, por sua natureza, o nativo de Áries atravessa uma rua apenas para brigar do outro lado, no trânsito seu comportamento tem a mesma animação e impulsividade. O carro – moderna biga a lembrar seu regente, Marte – é o berço natural do senhor do “eu primeiro”.

Virtude: rápido em seus golpes de vista, exímio na direção, é corajoso e muito prático ao volante. Habitualmente faz de seu veículo uma extensão do próprio corpo e ama o automóvel como a mais caliente das amantes.

Defeito: precipitado, se confunde ao ser desafiado. É brusco, violento nas reações, especialmente se fechado ou provocado para um “pega”. É muito apressado e se perde fácil nos cruzamentos.

Para melhorar a vida: detesta o típico co-piloto e exercita a auto-suficiência de forma arrogante. Por isso, é importante a humildade para se submeter aos cavalos de força de seu carrão e àqueles sinais que o Detran imaginou apenas para perturbar sua vida.

Carro ideal: os modelos esportivos ou conversíveis. Nos clássicos: Alfa Romeu 2300.

Touro – 21/04 a 20/05

“Daqui eu não saio!”

Possuidor ciumento do segundo bem mais precioso do mundo – o seu carro – o filho do Touro só dirige em seu próprio ritmo, devagar como lhe convém. Dificilmente muda de pista e adora a sensação de poder que lhe dá o seu automóvel.

Virtude: previsível, é cuidadoso com tudo que lhe exige a noção de bem dirigir. É seguro na condução, prático nos atalhos que percorre e não se envolve em disputas por velocidade apenas para se exibir. Gosta de conhecer detalhes do seu carro.

Defeito: teimoso, após tomar uma decisão raramente cede a vez ou sai da frente. É lento nas reações e reage com fúria ao menor arranhão na “sua” pintura. Mostra-se facilmente irritável com quem o ultrapassa.

Para melhorar a vida: evitar a preocupação com os barbeiros ao seu redor e com os apressadinhos que quase tocam seu pára-choque traseiro. Procurar definir antes qualquer rota a seguir e acompanhar o fluxo sem estresse.

Carro ideal: as modernas vans. Nos clássicos: Chevrolet Caravan.

Gêmeos – 21/05 a 20/06

– “Deixe comigo, conheço um atalho!”

Aéreo, desligado do trânsito, é o mais desordenado e mutável dos motoristas. Sua curiosidade o faz dar atenção a tudo em volta, muitas vezes com esquecimento do próprio volante. É gentil com os outros e conhece todos os caminhos e rotas.

Virtude: de todos os motoristas é aquele que melhor se adapta ao ritmo do trânsito e capaz das saídas mais inesperadas com os problemas que surgem na pista, com o carro ao lado ou com o guarda à frente. Sabe bem mostrar sua satisfação ao dirigir sua “caranga”.

Defeito: a desatenção e a falta de concentração quase sempre o levam a se perder facilmente em ruas sem saída ou repentinamente mudar de direção. Não se liga aos mistérios das “rebimbocas e parafusetas”.

Para melhorar a vida: mesmo com toda a sua falta de concentração, deve procurar conhecer melhor seu equipamento e seus recursos e exercitar melhor a atenção enquanto dirige. O cigarro ao volante é certamente seu maior inimigo.

Carro ideal: os sedãs japoneses com muita tecnologia embarcada. Nos clássicos: DKW Fissore.

Câncer – 21/06 a 20/07

“Que caminhoneiro insensível!”


O mais tradicionalista de todos os motoristas, verdadeiro chofer à antiga, o canceriano soma intuição, sensibilidade e egoísmo ao volante. É melindroso e considera o seu carro uma real extensão da própria casa.

Virtude: habitualmente gentil, o filho de Câncer tem rara capacidade para reter roteiros, trilhas e caminhos, embora prefira sempre o que é conhecido e familiar. Mostra disposição para ajudar os outros no trânsito, onde é bom orientador.

Defeito: por se magoar facilmente e ser sensível além do normal, qualquer contrariedade o tira do sério e o faz reagir. Isso ao volante significa problema à vista. Por vezes é cauteloso demais.

Para melhorar a vida: evitar ambientes competitivos, especialmente quando acompanhado da família, e aprofundar conhecimento de mecânica são bons caminhos para ampliar a boa avaliação sobre si e sua auto-estima no trânsito.

Carro ideal: os modelos de 4 portas e utilitários. Nos clássicos: Volkswagen Brasília.

Leão – 21/07 a 22/08

“Não guio, desfilo pelas faixas!”

Senhor do poder e da autoridade, o leonino age no trânsito como o faz na própria vida: é o ator principal da ópera das ruas, dominador e conquistador em plena caminhada para somar troféus a sua carreira de líder. É bom e criativo motorista.

Virtude: muito confiante, procura sempre mostrar perícia e é interessado conhecedor dos recursos, potência e qualidades de seu veículo. Vaidoso, adora o cheiro de estofamento novo e mantém seu carro sempre em ordem.

Defeito: arrogante e incapaz de suportar uma ultrapassagem mais provocativa, o filho do Sol ao volante mostra sempre uma perigosa autoconfiança e toma decisões sem antes pensar no que faz.

Para melhorar a vida: conscientizar-se de que seu carro não é o palco que o coloca sob os holofotes e agir com uso de toda sua generosidade para com outros motoristas é o melhor caminho para uma boa convivência no trânsito.

Carro ideal: os europeus superesportivos com muito torque e capacidade de giro. Nos clássicos: Willys Interlagos.

Virgem – 23/08 a 22/09

“Se todos guiassem (tão bem) como eu...”

O motorista de Virgem é prático, detalhista, capaz de transformar o ato de dirigir um automóvel em uma profunda análise de dados, o virgiano é o mais exigente dos motoristas, revelando-se cuidadoso e metódico condutor. É difícil ele se contentar com o que é comum aos outros.

Virtude: por se mostrar sempre em busca da perfeição e detalhista ao extremo, o virgiano é bom no que faz, e isso também ocorre em seu automóvel, que ele procurará mantê-lo cuidado e em bom funcionamento. É muito prático ao dirigir.

Defeito: a sua incapacidade de ver o geral, detendo-se apenas nos detalhes, é seu maior problema ao volante. Pedante e egocêntrico, ele se acha o senhor das ruas e avenidas e se mostra um resmungão incorrigível.

Para melhorar a vida: exercitar a convivência no trânsito e despir-se dos rigores com que faz suas análises e exige comportamento correto dos outros sem escolher e hora e momento fará do filho da deusa Ceres um perfeito cavalheiro ao volante.

Carro ideal: os sedãs com transmissão automática, airbags em profusão e computador de bordo. Nos clássicos: Dodge Charger RT.

Libra – 23/09 a 22/10

“Eu obedeço às leis de trânsito.”


Equilibrado sobre um muro invisível para as pessoas, o filho da Balança é o motorista que mais retrata em seu comportamento ao volante as características próprias de seu signo. É pacífico, conciliador, cooperativo e indeciso.

Virtude: por sua noção de justiça, que aplica a tudo e a todos, é correto condutor de seu veículo, aceitando normas e regras sem avançar sinal ou farol por mero egoísmo. É o diplomata que abomina o congestionamento e adora o fluxo controlado da auto-estrada.

Defeito: incapaz de se decidir em um entroncamento, o libriano se perde nas considerações sobre o que é possível ou não no trânsito. Sua indefinição pode se tornar caótica na mudança de faixa ou na escolha da velocidade ideal.

Para melhorar a vida: o planejamento antecipado dos caminhos a seguir e a busca pelo rumo mais conhecido são pontos positivos que ajudam o filho da Balança no trânsito, insuportável se travado por longos congestionamentos.

Carro ideal: os modelos mais sóbrios e modelos do tipo Volkswagen Fox. Nos clássicos: Fusca.

Escorpião – 23/10 a 21/11

“Ah... nem pense em me ultrapassar!”

Determinado, obcecado pelos rumos que traçou, agressivo na condução e bastante adaptável às mudanças de fluxo de tráfego, o escorpiano é o típico motorista que assume a postura de senhor das ruas e rei do trânsito, mostrando-se excelente condutor.

Virtude: cioso dos caminhos a seguir, cheio de experientes para se safar do congestionamento inesperado ou do obstáculo que lhe surge à frente, adora explorar saídas e descobrir caminhos que o levem mais rápido e com segurança ao seu destino.

Defeito: desconfiado que todos a sua volta o querem ultrapassar e fazê-lo “comer poeira”, é uma bomba pronta a explodir no trânsito que enfrenta com exagerada intolerância a qualquer desafio ou provocação.

Para melhorar a vida: exercitar motivação conciliadora e agir de forma menos agressiva quando ao volante são os pontos mais importantes para fazer do escorpiano verdadeiro senhor dos desejos, um motorista mais afável e amigável no trânsito.

Carro ideal: um modelo que reúna conforto e desempenho a um design avançado. Nos clássicos: Aero-Willys.

Sagitário – 22/11 a 21/12

“Eu não guio, me aventuro.”

O motorista sagitariano é amante da liberdade. Ele consegue somar o trotar livre do fogoso Centauro à racionalidade do ser humano que guia seu veículo em busca da realização. O sagitariano tem na compreensão dos mistérios da direção sua principal característica.

Virtude: otimista mesmo diante da mais inesperada das quedas de barreira ou do congestionamento que entrava seu caminho, é tolerante com as falhas dos que estão ao seu lado e justo ao avaliar a guerra diária na condução de seu veículo.

Defeito: exagerado e crédulo em excesso, quando ao volante o sagitariano tem na conversa interminável seu principal defeito. É incapaz de conduzir seu veículo com atenção mais concentrada e se perde fácil na crítica à ação dos outros.

Para melhorar a vida: usar seu automóvel mais em busca de paisagens e caminhos novos do que na rotina fará do filho do Centauro um motorista bem mais realizado.

Carro ideal: os modelos esportivos e com apelo ecológico. Nos clássicos: Volkswagem Passat.

Capricórnio – 22/12 a 20/01

“Não agüento tanto domingueiro”.

Prático a ponto de considerar o automóvel apenas uma máquina criada para o servir, o exigente capricorniano faz da direção um caminhar permanente de exigências de comportamento, atos e pensamentos que se estendem do carona ao motorista à frente.

Virtude: prático, escrupuloso, racional e determinado a conseguir o melhor resultado na relação custo-benefício no uso de seu carro, o filho da cabra-das-montanhas é tradicionalista e seguro ao volante.

Defeito: decidido a cobrar de si e dos outros o mesmo comportamento cercado pela exatidão nos rumos que segue, no respeito aos sinais e às normas, o capricorniano é intolerante e insensível ao erro alheio.

Para melhorar a vida: exercitar um pouco mais o prazer da direção e humanizar o uso de seu veículo para fugir da mera relação homem-máquina, personalizando seu carro, fará do capricorniano um sensível e mais tolerante motorista.

Carro ideal: os modelos de baixo consumo e bom rendimento. Nos clássicos: Volkswagen Gol.

Aquário – 21/01 a 19/02

“Sigam-me os sedentos do imprevisível!”

Independente e individualista, o aquariano mostra em sua atuação ao volante o caráter típico do Aguadeiro a derramar em torno de si a água que vivifica e mata a sede do mundo. É generoso e avançado condutor de pessoas e bólidos nas estradas da vida.

Virtude: o senso lógico que preside os atos do filho de Aquário se soma a sua capacidade de absorver facilmente qualquer avanço em design e estilo. Ele tem a capacidade de usar o potencial de seu carro de forma harmônica e mais produtiva que o comum dos mortais.

Defeito: a imprevisibilidade do temperamento mutável e facilmente alterado por fatores estranhos e inesperados se soma à excentricidade que o conduz sempre a caminhos exóticos e nem sempre mais aconselhados.

Para melhorar a vida: controlar os arroubos de rebeldia diante das normas e dar curso a sua incomensurável tolerância são pontos benéficos que podem fazer do nativo um motorista bem mais completo.

Carro ideal: os modelos mais avançados em tecnologia e desempenho. Nos clássicos: Chevrolet Opala RT.

Peixes – 20/02 a 20/03

“O endereço? Ah, é preciso ter um em mente?”

Exímios conhecedores do mundo da lua, os motoristas de Peixes são peritos em se perder nos caminhos reais. Sua crença em tudo e todos substitui a racionalidade que deveria presidir suas ações. Acreditam sempre em uma força divina ou mística que os conduz aos rumos escolhidos sob a luz generosa de Selena.

Virtude: educados, pacientes e com inclinação a salvar o mundo, podem ser bem gentis e tolerantes no trânsito. Justificam erros alheios à conta da inexperiência e se mostram prontos a perdoar quem lhes fecha o caminho se acreditam ser por motivo de vida ou morte.

Defeito: Estas compaixão e amorosidade, entretanto, podem dissipar-se em segundos se ficar claro para o pisciano que o motorista que o desafia na rua não é um ingênuo inexperiente, mas um egocêntrico espertalhão.

Para melhorar a vida: apesar do pavor a detalhes, estudar o caminho antes de se jogar nele pode economizar desgaste e estresse. Para se sentir melhor no seu carro, deve fazer uso de aromas e imagens que tenham simbolismo especial para ele.

Carro ideal: os modelos dois volumes e quatro portas. Nos clássicos: Rural Willys.

(Fonte:http://www.webmotors.com.br/wmpublicador/Comportamento_Conteudo.vxlpub?hnid=39222)



quarta-feira, 15 de julho de 2009

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Photobucket
A vida
Para os erros há perdão; para os fracassos, chance; para os amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. O romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando, porque embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.
I Belive Pictures, Images and Photos

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Show Capital Inicial


Tudo Que Vai

Capital Inicial

Composição: Dado Villa-Lobos, Alvin L., Tony Platão

Hoje é o dia
E eu quase posso tocar o silêncio
A casa vazia.
Só as coisas que você não quis
Me fazem companhia
Eu fico à vontade com a sua ausência
Eu já me acostumei a esquecer

Tudo que vai
Deixa o gosto, deixa as fotos
Quanto tempo faz
Deixa os dedos, deixa a memória
Eu nem me lembro

Salas e quartos
Somem sem deixar vestígio
Seu rosto em pedaços
Misturado com o que não sobrou
Do que eu sentia
Eu lembro dos filmes que eu nunca vi
Passando sem parar em algum lugar.

Tudo que vai
Deixa o gosto, deixa as fotos
Quanto tempo faz
Deixa os dedos, deixa a memória
Eu nem me lembro mais
Fica o gosto, ficam as fotos
Quanto tempo faz
Ficam os dedos, fica a memória
Eu nem me lembro mais

Quanto tempo, eu já nem sei mais o que é meu
Nem quando, nem onde

Tudo que vai
Deixa o gosto, deixa as fotos
Quanto tempo faz
Deixa os dedos, deixa a memória
Eu nem me lembro mais
Fica o gosto, ficam as fotos
Quanto tempo faz
Ficam os dedos, fica a memória
Eu nem me lembro mais

Eu nem me lembro mais...

domingo, 11 de janeiro de 2009


Planetário

Uma noite enluarada
mostra-se linda
uma voz de criança
vai desaparecendo

Lá... longe, longe...
bem distante
você também está nesse céu
não está?

No final do verão
nós dois nos separamos
e neste parque nos encontramos...
você se lembra ainda daquela constelação?

Mesmo muito tempo sem nos vermos
eu ainda acredito nas memórias
eu quero sentir novamente,
a mesma felicidade daquele dia
Juntos, sentindo aquela fragância...
fogos explodem e brilham como um flash

Eu quero ir onde você está
Eu quero sair deste lugar agora...
na completa escuridão, não consigo enxergar nada
mesmo estando com muito medo, está tudo bem...
Incontáveis céus estrelados
estiveram sempre aqui
Não chore, este é o mesmo lindo céu
que nós viemos naquele dia...

Vou além desse caminho
o som dos seus passos
ficam na minha mente
encarando minha própria sombra
e pensando...
mesmo não tentando mudar tudo
os sentimentos de dor crescem, cada vez mais
Não importa o quanto eu acredite nisso
Você, já não está mais aqui

Eu quero estar ao seu lado
mesmo se eu for pequeno,
mesmo se eu for pequeno,
Eu te Amo...
e você precisa de mim,
mais do que tudo...
Eu tentei realizar os seus desejos
acreditando numa estrela cadente
mas não chore
eu irei te alcançar
neste mesmo lindo céu...

Mesmo muito tempo sem nos vermos
eu ainda acredito nas memórias
eu quero sentir novamente,
a mesma felicidade daquele dia
Juntos, sentindo aquela fragância...
fogos explodem e brilham como um flash

Eu quero ir onde você está
apertando minha pequena mão
Eu quero chorar, esse é... esse é...
aquele lindo céu
Eu tentei realizar os seus desejos
acreditando numa estrela cadente
quero chorar,
não consegui te alcançar
nestes mesmo lindo céu

SPFC


heart.jpg picture by lidiahorie
A diferença que faz a diferença!
O que você faz hoje determina o que você será amanhã.

Faça o melhor possível!
Se você não pode ser um pinheiro no topo da colina
seja um arbusto no vale;

Mas seja o melhor arbusto à margem do rio.
Seja um ramo se não puder ser tronco...

Se não pode ser árvore, seja um pouco de relva...
E dê alegrias aos que passam no caminho...
Nature - trees Pictures, Images and Photos
Não podemos ser todos capitães; temos de ser tripulação.
Há algum lugar para todos nós aqui.

Há grandes obras e outras pequenas a realizar...
Sempre há uma tarefa que devemos empreender.

Se não puder ser o sol, seja uma pequena estrela...

Não é pelo tamanho que se ganha ou que se perde...
Não é nas grandes atitudes que se é notado.
Não é com bondade que se faz o bem.

Expresse a sua individualidade e respeite do proximo
Grandes amizades não se perdem em pequenas disputas.
Se se perderem, é porque não eram nem amizades, muito menos grande.
Nature Green Pictures, Images and Photos
Esperança é acreditar que quase tudo pode mudar.
Seje o melhor possível, aquilo que você quer que seja!
Seje feliz e deseje felicidade.
Lidia Horie
O arrependimento é ineficaz quando as reincidências são consecutivas.
cry Pictures, Images and Photos
Loading...

Amanhã é outro dia...

A tristeza de um momento
não deve encobrir a beleza dos nossos sonhos.
A vida é feita de muitos momentos.
Bem antes do que esperamos dias felizes virão.
natureza Pictures, Images and Photos
Loading...